Artigos
  • RENATO GOMES NERY
    O falso positivo com o nome sugere é tudo aquilo que foi tido como positivo e é negativo
/ NA GESTÃO DO BARROSO

Tamanho do texto A- A+
24.06.2020 | 16h37
Carmen Lúcia é eleita para vaga de ministro substituto no TSE
O anúncio foi feito no início da sessão do Supremo Tribunal Federal desta quarta-feira (24)
Silvio Abdon/CLDF
A ministra Carmen Lúcia, do STF
DANILO VITAL
DO CONSULTOR JURÍDICO

A ministra Carmen Lúcia foi eleita para vaga de ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral. O anúncio foi feito no início da sessão do Supremo Tribunal Federal desta quarta-feira (24/6) pelo presidente, ministro Dias Toffoli.

Assim, a magistrada assume a vaga que era do ministro Alexandre de Moraes, agora membro efetivo do TSE. Vai atuar sob a gestão do ministro Luís Roberto Barroso, com desafios como as ainda incertas eleições municipais, por conta da pandemia.

"Vai ser prazer e uma honra poder contar também lá com a companhia e participação sempre iluminada, espirituosa e comprometida com o interesse público", destacou o presidente do TSE.

Carmen Lúcia tem experiência na corte eleitoral: integrou-a em 2009 e foi presidente entre 2012 e 2013. "Vai ser um prazer, tanto quanto possível e no que for chamada, contribuir para que tenha período de eleições democráticas como tem sido na história daquele tribunal e do Brasil nos últimos 32 anos", destacou.

A votação contou com dez votos a favor da ministra e um para o ministro Gilmar Mendes.


Voltar   

Nenhum Comentário(s).
Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a comentar esta notícia
Comente está matéria

Confira também nesta seção:



Copyright © 2020 Midia Jur - Todos os direitos reservados
Trinix Internet